Ovo: o melhor, mais natural (e mais barato) Polivitamínico que você pode tomar! | Delícias Fit

Ovo: o melhor, mais natural (e mais barato) Polivitamínico que você pode tomar!

Publicado: 30/10/2019

Isso mesmo! Os benefícios dos Ovos vão muito mais além de ganho de massa muscular (por ser rico em proteínas). Considerado um alimento ainda mais rico que o leite materno, o Ovo possui quantidades significativas de vitaminas fundamentais para o bom funcionamento do corpo, por isso afirmamos que é o Polivitamínico mais barato (e talvez o mais eficaz) do mundo, além de ser uma fonte natural de Vitamina como: A, D, E e B12; e Minerais como: Zinco, Cálcio, Ferro e Selênio.

Desta forma, elencamos abaixo os principais benefícios desta iguaria.

Melhora da visão e protege a retina dos raios UV, por ser rico em Luteína.

Auxilia no controle da hipertensão e do peso, prevenção da osteoporose e fortalece os dentes, por ser rico em Vitamina D. A melhor forma de produzir e repor esta vitamina ainda é o sol, mas é muito importante também complementar com ingestão de Vitamina D proveniente de alimentos (e, se necessário, com suplementação – cápsulas).

Reduz o risco de doenças cardiovasculares (enfarto e AVC) e também de câncer.

Ajuda a potencializar a queima de gordura, principalmente se consumido no café da manhã, porque promove saciedade por mais tempo.

Ajuda a retardar o envelhecimento, pois os aminoácidos presentes nos Ovos ajudam a regenerar e produzir novas células. O envelhecimento é causado também por falta de vitamina D – ela é muito importante neste processo de troca celular. Hoje em dia existe um número muito grande de pessoas com déficit desta vitamina, pois nem estão tomando sol e nem estão fazendo uma ingestão adequada de alimentos ricos nesta vitamina.

Melhora a imunidade, protege contra infecções, bactérias e vírus, por conter alta quantidade de Selênio.

Melhora a fertilidade, por ser rico em Vitamina E, que melhora a qualidade do esperma e auxilia mulheres que estão querendo engravidar. O colesterol contido na gema do ovo é importante para sintetizar hormônios como a testosterona, que é um anabolizante natural do organismo. O Ácido Fólico (como é também chamada a Vitamina E), ainda, faz bem para a pele, para os cabelos e para o fígado. 

Rico em Ômega 3, um poderoso anti-inflamatório que atua no controle do colesterol, previne aterosclerose, protege o corpo de doenças cardiovasculares e cerebrais, ajuda no combate a doenças alérgicas e respiratórias, combate a depressão, fortalece o sistema imunológico, melhora a memória e a disposição. O ovo caipira, ainda, possui uma quantidade 20x maior desta substância.

A gema é considerada uma gordura boa e possui um aminoácido chamado Colina, um grande aliado do cérebro, pois melhora os sinais que um neurônio transmite para outro, ajudando na memória e na capacidade do cérebro de melhorar os estímulos receptores e transmissores. 

A gema é também rica em Vitamina B12, que auxilia na quebra de gordura para constituição muscular. Além disso, esta vitamina atua na prevenção e tratamento da anemia megaloblástica, é essencial para o desenvolvimento e manutenção do sistema nervoso central, previne diversos tipos de câncer por ser uma protetora do nosso DNA (pois reduz o rico de quebra dos cromossomos), melhora o humor prevenido a depressão, possui atividades desintoxicantes e antialérgicas e atua melhorado a ENERGIA (previne fadiga e tonturas).


Já a clara é riquíssima em Proteínas de alto valor biológico (sendo ausente de Carboidratos e de Gorduras), principalmente a Albumina, uma das principais propriedades para ganho de massa magra, atuando na união das fibras do músculo, para que o corpo inche e cresça após a atividade física. A parte branca do ovo ainda possui nove aminoácidos essenciais, tornando-a aliada para tal ganho e também para a recuperação do corpo. 

As Proteínas são classificadas pelo seu Valor Biológico, ou seja, valor que determina a quantidade de proteínas encontradas nos alimentos que realmente são absorvidas pelo corpo. Sendo de:

  1. Alto Valor Biológico (AVB): as proteínas que possuem uma quantidade maior aminoácidos essenciais em sua composição possuem melhor digestibilidade, tendo uma absorção no trato gastrointestinal mais eficiente. São consideradas proteínas COMPLETAS. Exemplos: aves, carnes, peixes e ovos.

  2. Baixo Valor Biológico (BVB): são proteínas incompletas, pois não possuem quantidades adequadas de aminoácidos essenciais em sua composição, logo, não são tão bem absorvidas pelo organismo. Exemplos: leguminosas e cereais (feijão, ervilha, lentilha, arroz, amendoim, grão-de-bico etc.).

  3. Referência: são as proteínas que possuem TODOS os aminoácidos essenciais em sua composição e em grandes quantidades. Exemplos: ovos, leite humano e leite de vaca.


A conta que se faz para calcular a quantidade de proteína que é absorvida pelo corpo é a seguinte: 

  • Proteína de cereal = 0,5

  • Proteína de leguminosa = 0,6

  • Proteína animal = 0,7


Exemplo: 100ml de clara de ovo tem 10g de proteína.
10g de proteína x 0,7 = 7g de proteína da clara são absorvidas pelo corpo.

E claro, deixamos a MELHOR NOTÍCIA para o final deste artigo: utilizamos na fórmula das nossas Delícias Fit exatamente as duas fontes de Proteína que são consideradas referência pelo seu alto valor biológico:

  1. Albumina – proteína proveniente da clara do ovo;

  2. Whey Protein isolado – proteína extraída do soro do leite.

Você pode encontrar estas Proteínas em QUASE TODOS os nossos produtos – com exceção dos Veganos. Olha só quanta coisa DELICIOSA, basta clicar nos links e ser feliz:

IR PARA A HOME / VER TODOS S PRODUTOS

COMBOS PROMOCIONAIS

Consulte seu médico e/ou nutricionista e veja como inserir esta iguaria no seu planejamento alimentar.


Voltar